isacosta.net » the geek side
30.5.08
categorias:
Apple, Apple..será que alguma vez vais conseguir fazer máquinas completamente flawless?

Se o outro Macbook Pro tem o problema do silvo quando puxamos pela luminosidade, este novo sofre de... ehrm... apagões!

Comprei-o faz hoje um mês, e em jeito de comemoração, ele presenteou-me com os "apagões" pela terceira vez.

A primeira aconteceu aos 15 dias de vida. Uma destas manhãs achei que estava na hora de calibrar a bateria, então deixei-o desligado da corrente de modo a consumir a energia toda dela, mas quando regressei ao fim do dia, ele ainda não tinha morrido.... e lá estavam elas, as "riscas"!



Passei-me completamente! Uma máquina com duas semanas já a avariar?

Reiniciei (isso costuma sempre resolver muita coisa, né?) e elas desapareceram. Mal aquilo se ligou à rede fui logo aos fóruns de suporte da Apple, ver se mais alguém tinha máquinas com este sintoma. Demorei segundos a encontrar o que queria, havia um tópico chamado "strange vertical stripes" logo no topo da lista.

A discussão já ia longa, com mais de duas centenas de posts (actualmente tem o dobro).. dezenas de pessoas a reportar o mesmo. Alguns utilizadores já iam mesmo na segunda ou terceira máquina, pois trocavam-na mal as "riscas" apareciam pela primeira vez, só que as máquinas novas que recebiam também tinham o mesmo problema..e aparentemente, isto só está a acontecer com os novos Macbook Pro, equipados com processadores Peryn.

Uns diziam tratar-se de uma questão de hardware, outros insistiam no software, até porque havia quem tivesse uma partição com o
Windows instalado, e quando iniciavam com ele, o problema não surgia. Alguns apresentavam possiveis soluções, mas nada que resolvesse definitivamente o problema..

Depois de me ter acontecido pela primeira vez, tentei reproduzir o bug, e ao fim de dois dias consegui, precisamente nas mesmas condições: muitas horas de sono com a bateria nos cascos.
Apliquei uma das dicas, premi cmd + shift + eject, que reinicia o ecrã e funcionou, mas fechar e abrir a tampa (ou reiniciar) também serve perfeitamente.

Não quis passar pelo transtorno que representa mandar trocar o mac, pois ninguém me garante que o próximo não vem com o mesmo problema. Mas se persistir e a Apple nada fazer, acabarei eventualmente por troca-lo, não é que as "riscas" me incomodem, mas chateia-me saber que a ele tem aquele pequeno defeito...

Estava confiante que a Apple corrigisse o bug nesta nova versão do Leopard, mas não... Depois da monumental actualização de ontem à noite, de 420Mb, esta manhã lá estavam elas outra vez...e não acredito que aquele tópico lhes tenha passado despercebido...

5.5.08
categorias: ,
Aqueles que me acompanham no Twitter há tempo suficiente devem certamente lembrar-se do meu momento de histerismo, quando a 26 de Fevereiro saiu aquela que será a última actualização ao actual modelo de Macbook Pro.

Após dois anos a utilizar esta belíssima máquina, tornei-me numa grande fã da gama pro de portáteis da Apple, e foi com muito prazer que me desloquei à Fnac do Colombo no primeiro no dia do aderente logo pela manhã, e sai de lá toda vaidosa, com um novo mac na mão e com um sorriso de orelha a orelha.

Resumindo, exteriormente, este novo MBP é praticamente igualzinho ao outro, a moldura do ecrã está mais centrada, o led ao lado da câmera é invisivel e tem algumas teclas com símbolos diferentes (não tem uma maçanzinha na tecla de command). Fora isso, é igualzinho!

Interiormente, as coisas mudaram muito. Novo processador, mais memória, mais placa gráfica, mais disco, novo monitor, trackpad multi-touch, uma porta firewire 800, e wireless n. Tem um desempenho espectacular. Nos dias que se seguiram à compra, calhou estar cheia de trabalho e utilizei-o intensamente e...que maravilha!

O Leopard.
Não quis instala-lo antes. Esperei por um mac novo que o trouxesse, porque sou assim, gosto de usar os sistemas operativos que eles trazem... e porque a malta se queixou dele ao principio... e porque queria quebrar o recorde de estar dois anos sem formatar o mac (o que aconteceu lol).
Gosto bastante do seu desempenho, e da sua rapidez. Ainda não usei as novidades como o Time Machine e o Spaces. Gosto de ter a pasta das apps na dock, gosto do novo Finder, gosto do modo de visualização das pastas em Cover Flow, e adoro o Quick Look!
Voltei a usar o Mail.app, porque o Thunderbird anda a ficar um bocado lentinho, e porque no fundo, eu até gosto do Mail.app he he

O Nuno herdou o meu MBP antigo. Aliás, o motivo desta compra foi mesmo a reforma do iBook que ele estava a usar, que já se arrastava ao ponto do desespero. Acredito que ele (o MBP) vá finalmente ter uma vida boa, porque ele é muito cuidadoso com o material. Já eu....

...confesso que o tratei muito mal. Caiu do sofá umas quantas vezes, passou a maior parte dos seus dois anos ligado porque eu raramente o desligo, nem quando faço viagens se o levo desligado. Está quase sempre aberto e foi exaustivamente espezinhado pelo animal de estimação, que teima em passear-se por cima do teclado. E conta-se pelos dedos de uma mão as vezes que o limpei...

...mas apesar disso, e depois de limpinho, está como novo. Incrível! O disco é que está aparentemente com problemas, talvez porque não tive cuidados nenhuns com ele..



Muito, muito satisfeita com estas máquinas. Muito mesmo!

 

Isa. Webdesigner, geek, apple fangirl assumida, necessita tanto de uma ligação à internet como do ar que respira. Adepta das novas tecnologias e sempre atenta às novidades!

online