isacosta.net » the geek side
25.11.07
categorias: , , ,
Quando mudei o meu blog primogénito para a plataforma dos blogs do SAPO, houve apenas uma coisa não consegui alterar: os URLs do feed no <head> do blog, que estavam associados a uma conta de Feedburner. Então, os visitantes, quando clickavam no icon do RSS, subscreviam directamente os feeds gerados automaticamente pelo SAPO. Isso fez com que deixasse de receber números reais sobre os meus subscritores. A unica coisa que fiz foi disponibilizar os links dos feeds via Feedburner na minha sidebar..

Hoje, o Nuno lembrou-se disso quando me viu a consultar a conta do Feedburner. Meteu mãos à obra e minutos depois apareceu-me com este javascript:

Coloquei-o nos componentes do blog, na personalização intermédia, testei-o, e o resultado foi o esperado...mais ou menos... Funciona em IE7 (o 6 nem sabe o que é isso) e Safari, mas não em Firefox, porque este parece parsar o RSS antes do javascript.

Vou continuar sem saber quantas pessoas subscreveram entretanto o blog com os feeds do SAPO, ou quem usou o URL do blog em agregadores, mas a partir de agora, as novas subscrições via browser já vão passar pelo Feedburner.. ou a maior parte delas, tendo em conta que só 30% das minhas visitas no blog em questão usa Firefox...não é uma solução, mas já é qualquer coisa :)

[Edit]

No IE7, funciona melhor se colocarmos o script no <head> logo depois das linhas que definem o feed do SAPO, visto que, umas vezes funcionava, outras não, dependendo da velocidade de carregamento do blog. Depois de ter movido o script do componente da sidebar para o <head> funciona sempre. É claro que para colocar scripts dentro do <head> do blog já é preciso usar a personalização avançada, e editar o layer do template...

[Edit]

O script foi actualizado para ser mais específico sobre quais feeds actuar. O método match('atom') apanhava também outro feed do SAPO que é incluido no <head> dos blogs, mas que diz respeito a outro serviço.

15.3.07
categorias: ,
Lembram-se de ter falado aqui na edição dos bloggies de 2007? Os resultados já saíram! Uns apanharam-me de surpresa, outros nem por isso :)
link do postPor Isa, às 00:23  comentar

6.2.07
categorias: ,
moo card

5.2.07
categorias: , ,
O Darren Rowse desafiou os seus leitores a responder a um questionário sobre a plataforma que estes usam e recomendam para manter um blog, de modo a recolher experiências que possam ser úteis a outros (futuros) bloggers.

As questões são as seguintes:

- Which Blog Platform do you Use?
- Why do you use it?
- What do you love about it?
- What do you wish they’d improve?
- What type of blogger would benefit from using it?


Bem, vou responder em português, pois é a língua que se fala por aqui :)

Que plataforma de blogs usas?
Esta resposta é obvia, ou não estivesse eu constantemente a falar nisso. Wordpress! Três dos meus quatro blogs estão a correr em cima desta plataforma, e o que está em falta, está actualmente a ser preparado para que também ele começar a ser gerido através de wordpress.

Porque é que a usas?
Porque parece-me ser uma das melhores soluções para quem pretende manter um blog em domínio e alojamento próprios. É muito fácil de instalar, o backoffice da plataforma está muito bem elaborado, e a sua escalabilidade é óptima, devido à quantidade e diversidade de plugins existentes.
Por a sua utilização estar tão difundida, existe uma grande comunidade de web developers e designers que estão constantemente a desenvolver plugins e themes que fazem as delicias dos seus utilizadores.

O que é que gostas mais nela?
É sem duvida o seu nível de costumização, flexiblidade, e facilidade de utilização.
Não escondo que ao principio senti algumas dificuldades de adaptação, mas desde que percebi o seu funcionamento, que não quero outra coisa.
Podemos usar themes existentes ou podemos criar o nosso, de raiz ou a partir de outros já existentes. Temos liberdade total para modifica-la.
Por ter uma API opensource permite a existência de ferramentas de desktop (ex. Ecto, MarsEdit, ...) que ajudam no processo de publicação e gestão dos posts.
Além disso, não serve apenas para publicar blogs, pode muito bem ser adaptada para outros tipos de sites.

O que é que gostavas que eles melhorassem?
A questão do spam é preocupante e o editor tinyMCE às vezes leva-me ao desespero..podiam também melhorar o editor de templates e adicionar-lhe color coding, por exemplo...

Que tipo de blogger beneficiaria com a sua utilização?
Qualquer pessoa que queira levar os blogs mais a sério. Don't get me wrong, qualquer pessoa pode levar um blog a sério seja em que plataforma for, mas o wordpress, graças às suas características, torna a experiência de manter um blog em algo completamente diferente!
É claro que isso pode implicar termos que investir em alojamento e domínio próprios, e necessitarmos de conhecimentos em HTML, CSS e algum PHP para conseguirmos tirar o melhor partido das suas funcionalidades e componentes..mas isso não deve ser impeditivo até porque documentação para aprender a trabalhar com ela é coisa que não falta por aí..

26.1.07
categorias: ,
bloggies 2007

Os Weblog Awards, ou os Bloggies, estão de volta para a sua sétima edição.

Os nomeados foram anunciados ontem, dia 25 de Janeiro, e até dia 2 de Fevereiro está aberta a votação ao público em geral. Qualquer pessoa pode votar nos seus blogs favoritos, que foram sugeridos pelo público, entre o passado dia 1 e 11 de Janeiro, e selecionados por um grupo de eleitores ao acaso. A 12 de Março vamos saber quem são os vencedores, durante uma cerimonia que se vai realizar no South by Southwest Interactive Festival em Austin, Texas (USA).
São trinta as categorias e algumas revelam-se de escolha difícil. Muitos dos blogs nomeados fazem parte das listas de feeds de muitos outros bloggers e não só!

Eu ja votei! Que ganhe o melhor!


 

Isa. Webdesigner, geek, apple fangirl assumida, necessita tanto de uma ligação à internet como do ar que respira. Adepta das novas tecnologias e sempre atenta às novidades!

online